Portal Revista Infra - quarta-feira, outubro 23, 2019
Consulte nossos conteúdos
PUBLICIDADE
Não esqueça: ambiente limpo é ambiente saudável
Confira as dicas da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional para uma higienização correta como aliada da saúde

Notícia publicada em 13 de setembro de 2019

Comprovadamente, a limpeza pode fazer toda a diferença para a saúde dos frequentadores de locais de ampla circulação, como escritórios, hospitais, transportes públicos, espaços de entretenimento, escolas, shoppings, entre tantos outros. Um processo de limpeza elaborado corretamente pode diminuir em até 80% a probabilidade de propagação de vírus comuns, como o da gripe, de acordo com a International Sanitary Supply Association (ISSA).

Com a missão de promover a limpeza e a saúde das pessoas e a preservação do meio ambiente, a Associação Brasileira de Limpeza Profissional (Abralimp), chama a atenção para exemplos de como a limpeza eficaz contribui para o bem-estar. A falta de limpeza adequada, no entanto, pode favorecer o surgimento de problemas de pele e intercorrências respiratórias, assim como asma, rinite e sinusite, e outras doenças.

Neste cenário, principalmente as empresas devem estar atentas, umas vez que colaboradores doentes podem afetar a produtividade e o desempenho de vendas de outros produtos ou serviços ofertados.

Confira algumas orientações sobre limpeza na prevenção de doenças em ambientes coletivos:

  • O processo de limpeza deve ser planejado e acompanhado por pessoas capacitadas. É fundamental a utilização de produtos químicos e equipamentos adequados que respeitem as variáveis máximas da limpeza profissional sendo elas: temperatura; ação química; ação do tempo e ação mecânica;
  • Para a limpeza de áreas industriais, recomenda-se menor utilização de mão de obra e o máximo de automatização. Esta estratégia está voltada para o controle da qualidade e o mínimo impacto na operação da indústria, pois a limpeza ocorre em paralelo ao processo de fabricação e produção;
  • Equipamentos como aspiradores de pó, secadoras de carpete, enceradeiras, vassouras, lavadoras de piso, sopradoras, carrinhos funcionais e outra série de produtos podem garantir eficiência e higiene;
  • Para a limpeza de carpetes, os métodos mais adotados são a varrição ou a aspiração. Periodicamente, também é comum a aplicação de shampoos para limpeza pesada, feita manualmente ou por máquinas;
  • Poltronas e cadeiras, além de aspiração, devem receber cuidados para proteger o revestimento. Quando há sujidades como líquidos derramados ou outros, dependendo do material da cadeira, é preciso o uso de um produto específico, pois podem danificar-se facilmente.

Curiosidades

Veja também alguns dos locais que possuem maior proliferação de germes e bactérias em ambientes coletivos e previna-se:

Bebedouros: 2.700.000 por polegada
Bandejas de refeitórios: 33.800 por polegada
Pias: 32.000 por polegada
Pratos de refeitórios: 15.800 por polegada
Teclados: 3.300 por polegada
Tampa de sanitários: 3.200 por polegada

Foto: Divulgação


COPYRIGHT © 2003-2019 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044