PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - sexta-feira, agosto 23, 2019
Consulte nossos conteúdos
PUBLICIDADE
Pesquisa revela que altos executivos são entrave para inovação
Veja os atributos que as lideranças de empresas de grande porte precisam reunir para mudar esse cenário

Notícia publicada em 5 de julho de 2019

Pesquisa realizada pela aceleradora ACE sobre inovação corporativa mostrou um dado curioso: entre os entrevistados de grandes empresas, o perfil da liderança foi apontado como o principal obstáculo para que as corporações se tornem, de fato, inovadoras. Já para o estrato correspondente às pequenas e médias empresas, os aspectos que envolvem o líder não são preponderantes para alcançar a inovação nos processos. Inovar, independentemente do porte, é vital para que companhias prosperem.

A ACE ouviu 123 gestores: 40 eram de grande porte, com faturamento anual superior a R$ 300 milhões.

Diante dessa percepção, ficam os questionamentos: o que falta aos gestores das grandes empresas para que a inovação seja posta em prática? E por que, para as médias e pequenas, os líderes não são vistos como barreiras para inovar?

Para David Braga, CEO, board advisor e headhunter da Prime Talent (empresa de busca e seleção de executivos de alta e média gestão), conhecer profundamente a companhia é um dos pilares para que os gestores saibam lidar e aplicar a inovação. "Não se trata apenas de tecnologia. Muitas vezes, para inovar, é preciso uma mudança latente na cultura organizacional, o que chamamos de Change Management. O processo de inovação precisa estar conectado ao propósito das corporações", avalia.

Segundo Braga, as altas lideranças devem criar uma cultura de colaboração para discutir processos com transparência. "Sem generalizar: o board da companhia não pode ser tolerante com executivos que impedem a inovação. Conhecer tendências de mercado, ter repertório técnico e adaptabilidade são essenciais para estar aberto aos novos processos. Inovar é mudar o 'modus operandi' e isso assusta muitos executivos", comenta.

Em tempos de recessão econômica, estar aberto às vantagens competitivas que a inovação pode agregar é mais que uma alternativa - trata-se de um caminho inevitável para se sobressair no mercado, em qualquer nicho.

Foto: Divulgação


COPYRIGHT © 2003-2019 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044