BannerHit.asp?codigo=
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - terça-feira, fevereiro 19, 2019
Consulte nossos conteúdos
Compliance imobiliário: o seu condomínio é ético e seguro?
Uma nova tendência que defende regras e procedimentos claros a favor da segurança dos edifícios

Notícia publicada em 6 de fevereiro de 2019

A velha máxima "o perigo mora ao lado" pode ser realocada para "o perigo está na entrada" se trouxermos essa realidade para os condomínios residenciais. Lembrando que a busca por um ambiente que reúna segurança, lazer e privacidade acarretou um aumento exponencial deste setor, o tema "segurança" ganha relevância e este modelo de moradia passa a demandar por novos olhares se analisarmos os números.

Somente nos últimos anos foram registrados e legalizados mais de 57 mil condomínios no Estado de São Paulo. Já na região metropolitana, temos mais 30 mil e na capital paulista 24 mil, conforme apontam dados da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC).

Quando analisamos a quem compete o principal aspecto do interesse que existe em morar em um condomínio, que é a segurança, vemos que o tradicional modelo de responsabilidade de um condomínio, que envolve o síndico e os condôminos, maiores facilitadores no processo de segurança justamente por não aceitar certos procedimentos, alegando que está sendo tirada sua privacidade, precisa ser revisto.

Neste ponto, quero abordar sobre o Compliance Ético, termo muito utilizado no meio empresarial e que trata deste ponto que passou a ser frágil nos condomínios. Explico! Compliance, igual a comprometimento, estar de acordo, é o conjunto de disciplinas para fazer cumprir as normas legais e regulamentares, as políticas e as diretrizes estabelecidas, bem como evitar, detectar e tratar qualquer desvio ou inconformidade.

E a Ética trata daquilo que pertence ao caráter, um conjunto de regras e preceitos que medem o nível moral de um indivíduo, de um grupo social ou de uma sociedade. A aplicação do compliance ético na segurança de um condomínio pode ser a diferença do seu nível de proteção.

Ter colaboradores com esse perfil de atenção aos procedimentos implantados e condôminos que respeitam as regras estabelecidas, faz com que os processos de segurança interna tenham melhor fluidez e, portanto, maior eficiência. Desenvolver a ética nos serviços do condomínio traz inclusive benefícios financeiros, pois haverá uma equipe mais comprometida e atenta.

Através de um trabalho especializado que se inicia na seleção e treinamento da equipe, passando pela validação de fornecedores, com a gestão e auditoria dos contratos, e um planejamento eficaz da tecnologia aliados à implantação de regras e procedimentos claros, é possível ter um condomínio ético e mais seguro. Vamos pensar nisso?

Paulo Musa é especialista em Segurança da ICTS Security, consultoria e gerenciamento de operações em segurança, de origem israelense

Foto Divulgação


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2019 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044