Compliance setor da constru����o evolui rapidamente
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - domingo, dezembro 16, 2018
Consulte nossos conteúdos
Compliance: setor da construção evolui rapidamente
Mas ainda há desafios a serem superados; tema será debatido pela KPMG, na Arena de Conteúdo da M&T Expo

As empresas de infraestrutura e construção no país vêm adotando e aprimorando suas práticas de compliance, conduta empresarial e governança corporativa alinhada às boas práticas nacionais e internacionais, com o objetivo de prevenir, detectar e monitorar eventuais desvios de conduta e ações ilícitas, que trazem prejuízos financeiros, ferem relacionamentos institucionais e a imagem e reputação da organização com seus stakeholders e shareholders. Segundo a terceira edição da pesquisa "Maturidade do Compliance no Brasil", realizada pela consultoria KPMG, 73% das empresas já estabeleceram um comitê de ética e compliance para assessorar a alta administração nessas questões e auxiliar a organização de implantar mecanismos de governança e compliance; e 65% dos executivos C-Level acreditam que a governança e a cultura de compliance são essenciais para o sucesso da empresa.

"Nos últimos anos pudemos observar, no Brasil e exterior, inúmeros casos que corroboram a afirmação do Ex-procurador Geral da Justiça Paul McNulty "If you think compliance is expensive, try non-compliance". A repercussão de casos de corrupção, especialmente os nacionais, que levaram a crises agudas empresas conceituadíssimas (setor público e privado) aceleraram ainda mais a necessidade de aprimorar e transformar os modelos de governança e a conduta ética nos negócios e sociedade, impulsionando a evolução na percepção por parte dos executivos, empresários e dos setores sobre a importância da adoção destas práticas no desenvolvimento e na execução e planejamento estratégico da organização", afirma Emerson Melo, sócio da KPMG, que ministrará palestra sobre o tema, no dia 29 de novembro, durante a M&T Expo 2018 - 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração.

No entanto, segundo Melo, há ainda uma longa jornada para alcançar a excelência nesse segmento. Isso porque, a pesquisa da consultoria relevou que, em termos de governança, 47% dos executivos não supervisionam nem patrocinam de forma adequada os termos de compliance e 30% afirmam que não é uniforme o conceito de compliance em todo o ecossistema hierárquico da organização. "O desafio é muito grande ainda, mas há esforços dentro do setor para avançar significativamente, a fim de aperfeiçoar todos os elos do ecossistema da indústria".

Nesse sentido, Melo aponta algumas recomendações, como a implementação de uma estrutura de Governança, Risco e Compliance (GRC), respeitando a autonomia e a independência da função; o investimento em uma estrutura de gerenciamento de riscos de compliance, gestão de terceiros incluindo procedimentos de background check e due diligence, na implantação de canais de comunicação, no treinamento regular e frequente de todos os funcionários, no estabelecimento de um canal de denúncia independente, garantindo a confidencialidade, sigilo e proteção do denunciante. "Essa última medida é bastante eficaz para a identificação mais ágil de potenciais desvios de conduta. Algumas empresas que adotaram esse tipo de ação conseguiram realizar ajustes mais rápidos de processos e controles internos e reduzir perdas", conta.

Em sua apresentação na Arena de Conteúdo da M&T Expo, Melo também falará sobre os benefícios da adoção do compliance por parte das empresas. "A função de compliance deve ser encarada como uma vantagem competitiva, pois fortalece a credibilidade e a confiança da empresa, estimula o comportamento e conduta ética nos negócios, pode atrair investimentos públicos e privados, internos e externos, melhora a reputação e a imagem, e possibilita que as organizações consigam taxas mais equilibradas de crédito e financiamento", diz. "Por isso, sem uma estrutura eficiente de GRC apropriadamente estabelecida em todo o setor, não conseguiremos alcançar todas as melhorias necessárias para a infraestrutura no país", finaliza.

A Arena de Conteúdo contará ainda com apresentações das consultorias EY e Porsche Consulting, da Dal Pozzo Advogados, do Instituto OPUS de Capacitação Profissional e com as palestras técnicas proferidas por empresas do setor da construção e mineração: Bomag Marini, Caterpillar, John Deere, Liebherr, Mapear com Drones, Moba, SSAB, Terex e Trimble, e por instituições internacionais: TUM (Universidade Técnica de Munique) e VDMA (Associação Alemã de Máquinas e Equipamentos).

Marcada entre os dias 26 e 29 de novembro, no São Paulo Expo, 10ª M&T Expo será o principal ponto de encontro do setor na América Latina. Promovida, pela primeira vez, em 1995, pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), a edição de 2018 marca o início do acordo de cooperação de longo prazo firmado entre a entidade e a Messe München, promotora da bauma, maior feira mundial da área de equipamentos para construção.

Para visitar a M&T Expo 2018, basta realizar o credenciamento online no site oficial.

SERVIÇO

M&T Expo 2018 - 10ª Feira Internacional de Equipamentos para Construção e Mineração
Data: 26 a 29 de novembro de 2018
Horários: 26 a 28 - 13h às 20h
                 29 - 9h às 16h
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center - Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 - Água Funda - São Paulo/SP
Informações: www.mtexpo.com.br


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2018 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044