RJ triplica loca����es de condom��nios log��sticos de alto padr��o no 1�� semestre
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - terça-feira, setembro 18, 2018
Consulte nossos conteúdos
RJ triplica locações de condomínios logísticos de alto padrão no 1º semestre
Em relação ao mesmo período de 2017, absorção bruta no estado saltou de 34,3 mil m² para 101,2 mil m²

O mercado de condomínios logísticos de alto padrão do estado do Rio de Janeiro fechou o primeiro semestre de 2018 com o triplo de locações consolidadas em relação ao mesmo período de 2017. Os dados medidos trimestralmente pela Colliers International Brasil mostram também queda na taxa de vacância no setor, que fechou abril, maio e junho deste ano em 27%. No primeiro trimestre de 2018, o índice era de 29%.

A área locada de galpões de alto padrão entre janeiro e junho de 2017 foi de 34,3 mil m² no Rio de Janeiro. Já no mesmo semestre de 2018, o valor da absorção bruta subiu para 102,2 mil m². A absorção líquida também se recuperou, apresentando um salto no mesmo período de comparação. Enquanto em 2017 o valor era negativo (-74 mil m²), os seis primeiros meses de 2018 ultrapassaram os 93,6 mil m².

De acordo com Ricardo Betancourt, presidente da Colliers International Brasil, o saldo positivo da absorção líquida se deve, sobretudo, a importantes expansões de empresas dos setores farmacêuticos e de logística, principalmente neste segundo trimestre.

Os melhores resultados do semestre na absorção bruta ficam com as regiões da Pavuna (38,3 mil m²), Queimados/Seropédica (23,9 mil m²) e Duque de Caxias (23,3 mil m²).

Em relação à taxa de vacância, a região da Pavuna apresentou baixa mais expressiva no segundo trimestre. A queda foi de 8 pontos percentuais, passando de 18% entre janeiro, fevereiro e março para 10% de abril a junho. A segunda posição fica com Belford Roxo/Nova Iguaçu, que teve redução de 4 pontos percentuais, caindo de 37% para 33% no período. Queimados/Seropédica apresentou variação de 1 ponto percentual, de 29% para 28%.

Preço médio e inventário. O estado de Rio de Janeiro encerrou o primeiro semestre de 2018 com o preço médio pedido em R$ 21 m²/mês. O valor mais alto do último trimestre foi encontrado na Avenida Brasil (R$ 38 m²/mês) e o menor preço é da região de Campos (R$ 15).

Em relação a novo inventário, foram 17,6 mil m² entregues no segundo trimestre de 2018 no estado. Os novos empreendimentos estão localizados na região de Santa Cruz/Campo Grande.


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2018 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044