Tendências de mobilidade da Geração Z
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - segunda-feira, outubro 15, 2018
Consulte nossos conteúdos
Tendências de mobilidade da Geração Z
Aplicativos de transporte, metrô e bicicletas aparecem em pesquisa como opções mais atraentes em relação ao veículo próprio


Com o objetivo de entender as tendências de mobilidade da Geração Z, que está chegando ao mercado de trabalho, a Alelo - empresa especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas - realizou uma pesquisa inédita com esse público. Em parceria com os também jovens do Instituto Júnior Mackenzie, a empresa desenvolveu a "Pesquisa Alelo Tendências de Mobilidade da Geração Z", que entrevistou 1.537 jovens, sendo 60% mulheres e 40% homens, residentes em nove localidades do Brasil - São Paulo, Rio de Janeiro Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Recife e Salvador. Dos entrevistados, 60% tem renda familiar de até R$ 5 mil e 71% estudam em faculdades privadas. O estudo aconteceu entre novembro e dezembro de 2017.

Os resultados indicaram uma mudança de comportamento desses jovens em relação à mobilidade urbana e um interesse cada vez menor em contar com o veículo próprio no futuro. Por outro lado, eles acreditam que as opções de transporte público, aplicativos de transporte e bicicletas vão ganhar força nos próximos anos.

O menor interesse pelo carro próprio foi identificado na pesquisa pelo percentual de jovens que não possuem Carteira de Habilitação (CNH): 55,4%. Quando questionados sobre os motivos para não tirarem a CNH aos 18 anos, 41,1% dos jovens alegam falta de interesse ou necessidade. Conforto, praticidade e segurança são os motivos mais citados pelos jovens como critério de escolha sobre o meio de transporte preferido.

"A pesquisa trouxe dados que confirmam a percepção de mercado de que o comportamento dos jovens está em transformação quando o assunto é mobilidade urbana. Para os próximos 10 anos, eles já não contam mais com o carro como primeira opção em termos de mobilidade. Por outro lado, outros modais se revelam cada vez mais atraentes para esse público", explica Roberto Niemeyer, diretor de Frota e Mobilidade da Alelo.

Pensando no futuro, 65,2% dos jovens entrevistados vêem alternativas de mobilidade urbana em relação aos carros: 23,6% apostam em aplicativos de transporte, como Easy Taxi, Cabify, 99Táxi, Uber, 10,9% em metrô e 10,5% acreditam nas bicicletas.

"Percebemos com a pesquisa que os jovens estão bem antenados quando o assunto é mobilidade, tanto que citaram em suas respostas soluções como Urbano, Zaz Car e Lady Drive, por exemplo, que tinham sido lançadas há bem pouco tempo", comenta Niemeyer.

A "Pesquisa Alelo Tendências de Mobilidade da Geração Z" não foi a primeira que a empresa conduziu sobre esse tema. Em 2017, a pesquisa de mobilidade Alelo, em parceria com o Ibope, entrevistou 2.450 trabalhadores brasileiros para entender os hábitos de utilização de transporte para ir e voltar do trabalho e entender o perfil dos usuários de cada tipo de transporte (automóvel, moto, ônibus, metrô, trem, entre outros).


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2018 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044