Tecnologias inéditas nas obras do Centro de Manutenção da LATAM Brasil
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - quarta-feira, julho 18, 2018
Consulte nossos conteúdos
Tecnologias inéditas nas obras do Centro de Manutenção da LATAM Brasil
Conheça em detalhes a solução mista do sistema de combate a incêndio, além das vantagens das barreiras defletora e acústica

A construção pela Libercon Engenharia do mais moderno Centro de Manutenção de Linha (CML) da LATAM Airlines Brasil, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, apresenta inovações tecnológicas inéditas no país. O empreendimento é investimento da RB Capital, em contrato de locação pelo modelo build to suit, projetado de acordo com as especificações da companhia aérea.

"A Libercon Engenharia tem muito orgulho de ter sido selecionada para a construção do CML da LATAM, após uma concorrência extremamente criteriosa com as maiores construtoras do Brasil e seis meses de estudos para viabilização do empreendimento. É um projeto de engenharia especial e único na América Latina - além de um excepcional vão livre, conta com diversas inovações - e marca nosso ingresso no segmento de obras de infraestrutura e aeroportuárias", afirma Hailton Liberatore, sócio-diretor da empresa.

No CML, durante os três turnos de trabalho, aproximadamente 360 funcionários realizarão as manutenções preventivas dos aviões, que acontecem entre cada voo. As manutenções periódicas previstas nos manuais das fabricantes, que demandam mais tempo e recursos, continuarão a ser feitas no centro de manutenções da companhia em São Carlos, interior de São Paulo.

O Pátio de Aeronaves, também construído pela Libercon Engenharia, terá as funções de circulação, testes e estacionamento para aeronaves. A pavimentação será em concreto, com espessura variando entre 22 e 30 cm, com área total de 32.979 m². Perfeito para atender simultaneamente sete aeronaves de dois corredores (wide body), como os Boeing 777, 767 e 787, e o novo modelo Airbus A350 ou até 19 aviões de um único corredor (narrow body) da família Airbus A320.

Por contar também com oficinas e estoque de componentes aeronáuticos, o CML tornará ainda mais eficiente a logística de suprimentos e dos próprios itens que devem passar por manutenção.

Combate a incêndios

A área construída do CML será de 27 mil m² em terreno de 65 mil m². O hangar de 9,24 mil m² terá um excepcional vão livre de 78,20 m e pé-direito livre de 21,90 m. É construído com estrutura de concreto pré-moldado e cobertura metálica.

O sistema de combate a incêndio é constituído por uma solução mista. Utiliza sprinklers no teto nas áreas críticas, além de um sistema complementar de espuma de alta expansão na área do hangar. Esse sistema é integrado por 14 geradores de espuma responsáveis pela extinção de potenciais incêndios, por abafamento e resfriamento de líquidos combustíveis. 

Barreira defletora

As barreiras defletora e acústica são fornecidas pela empresa portuguesa Valis Engenharia e serão instaladas pela Libercon. Ambas vão operar conjuntamente no CML da LATAM Airlines Brasil, condição denominada internacionalmente como Ground Run-up Enclosures (GRE).

A barreira defletora terá a função de redirecionar os escoamentos do escape de motores para cima. Já a barreira acústica tem o objetivo de reduz ruídos.

A barreira defletora de sopro opaca, modelo HEL da Valis Engenharia, terá 50 m de comprimento e 9 m de altura. Os defletores são fabricados em aço de alta resistência, galvanizado a quente, para garantir a máxima durabilidade e resistência às altas temperaturas e velocidades dos escapes dos motores. São dotados de sistema de segurança (Jetblock®), que evita o descolamento das superfícies deflectoras mesmo em casos de falha estrutural das ligações.

De acordo com Vasco Velez Grilo, sócio-gerente da Valis, o redirecionamento dos fluidos de escape é feito com uma baixa perda de velocidade. Fator importante porque permite uma maior eficácia na dispersão dos fluxos, o que é fundamental para o correto funcionamento dos motores das aeronaves. "Para garantir que os motores não sejam afetados durante os testes estacionários, realizamos projetos aerodinâmicos em computador e ensaios físicos no Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), em Lisboa", informa.

Barreira acústica

A barreira acústica - marca Complage® - que será instalada no CML terá 88 m de comprimento e 17,5 m de altura. Os painéis são fabricados com a face frontal em alumínio distendido e com a caixa estrutural em aço. O seu interior é constituído por um material inerte e incombustível de alta densidade. O acabamento de superfície dos painéis é a termolacagem a pó de poliéster. A face absorvente dos painéis tem uma transparência variável, que maximiza a absorção de ruído enquanto minimiza a entrada de água e detritos. A Libercon Engenharia  fará a montagem do sistema sobre suporte em aço estrutural galvanizado a quente.


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2018 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044