BannerHit.asp?codigo=
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - segunda-feira, julho 24, 2017
Consulte nossos conteúdos
80% das 500 maiores empresas utilizam a gamificação
Saiba como a ferramenta pode motivar, engajar e aumentar a produtividade de funcionários e clientes

Por Camila Biajante

A "gamificação" (gamification) teve sua primeira utilização no ano de 2002, quando o programador Nick Pelling aplicou em sua própria empresa de consultoria. Apesar de não ter obtido muito sucesso nessa primeira aplicação, o termo passou a ganhar força, até deslanchar em 2010.

Mas afinal, o que significa gamification? Existem várias definições. Karl Kapp, autor do livro 'The gamification of learning and instruction' define como: "o uso de mecânicas de jogos, estética lúdica e game thinking para engajar pessoas, motivar ações, promover aprendizado e resolver problemas". Kevin Werbach, professor da Universidade da Pensilvânia e autor do livro 'For the win', define como "aprender através de games". Enquanto a Gartner Group, define como "a ampla tendência de empregar mecânicas de jogos para ambientes que não são jogos, como áreas de inovação, treinamentos empresariais, causas sociais e área da saúde".

A "gamificação" cria modelos inteiramente novos de engajamento, visando novas comunidades de pessoas e motivando-as a alcançar objetivos que nem sequer sabem que têm. Você já fez check-in em um local? Se a reposta for sim, você provavelmente está familiarizado com o Foursquare, um exemplo precoce e inspirador de "gamificação". Lançado em 2009, o Foursquare se distinguiu de outros serviços baseados em localização, concedendo pontos para check-in em locais como restaurantes, teatros e aeroportos.

Segundo estimativas do M2 Advisory Group, foram investidos, em 2016, US$ 2,8 bilhões em "gamificação" ao redor do mundo. Hoje, mais de um bilhão de pessoas se consideram jogadores ativos em todo o mundo. Desses, 92% são crianças com até dois anos de idade que já jogam por meio de algum dispositivo, como smartphones ou tablets dos seus pais. No Brasil, cerca de 60 milhões de brasileiros possuem um console na sua residência.

Não à toa que usar jogos para engajar colaboradores no ambiente de trabalho tem se mostrado como desafiador, pois, além de motivar a equipe na conquista de resultados, também é essencial para evitar (ou reduzir) o temido turnover, realidade que tira o sono de grande parte dos gestores.

A PwC Brasil, por exemplo, investe na "gamificação" quando os assuntos são recrutamento e treinamento. De acordo com Erika Braga, Gerente Sênior de Recursos Humanos da PwC, "este ano a empresa está utilizando um quiz disponível nas mídias sociais para o recrutamento de candidatos. As pessoas respondem algumas perguntas e, no final, os perfis são direcionados para as áreas mais adequadas".

Além disso, também é utilizado a "gamificação" nas dinâmicas, com o game Jornada com a PwC, onde o candidato vivencia um dia na vida de um consultor e de um auditor... Leia a matéria completa.

PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2017 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044