Projeto Etileno XXI conquista prêmio DuPont
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - quarta-feira, dezembro 13, 2017
Consulte nossos conteúdos
Projeto Etileno XXI conquista prêmio DuPont
Prêmio reconhece a obra como a mais segura no mundo

Liderada pela Odebrecht Engenharia & Construção Internacional – Engenharia Industrial, a obra do projeto Etileno XXI, que compreende a construção do maior complexo petroquímico da América Latina, em Coatzacoalcos, México, acaba de receber o Prêmio de Segurança Industrial – The 2015 DuPont Safety and Sustainability Awards. A cerimônia da premiação ocorreu em Wilmington, Delaware, nos Estados Unidos.

O Consórcio Etileno XXI, cuja participação inclui também as empresas Technip da Itália e ICAFluor do México, enfrentou desafios consideráveis para a implantação de uma cultura eficiente de segurança. Diferentes percepções de riscos e abordagens para mitigá-los no projeto, assim como barreiras culturais para práticas seguras no canteiro de obras influenciaram fortemente a conquista do prêmio.

Outra característica relevante é a dimensão do empreendimento. Com 17.055 mil integrantes no pico da obra e mais de 26 mil ao longo da construção, de 29 diferentes nacionalidades, o desafio diário é garantir a segurança no trabalho desse contingente de pessoas desde o início da construção, em 2012.

O prêmio foi outorgado ao Etileno XXI pelo seu desempenho em segurança industrial e registrou a maior pontuação reconhecida na história do prêmio. A gestão respaldada pelo compromisso da alta direção, com políticas, padrões e procedimentos que permitem identificar, monitorar e controlar de forma consistente os riscos e potenciais perigos de SMS, busca constantemente a eliminação dos incidentes e cumpre com as normas legais, melhorando o desempenho do empreendimento.

O comprometimento da alta liderança do cliente Braskem-Idesa e do Etileno XXI, suportado por seus sócios – Odebrecht Engenharia & Construção Internacional, Technip e ICAFluor – formaram uma base sólida para alcançar esse nível de segurança e proteção das pessoas.

Para isso, foi estabelecido um Sistema de Gerenciamento de Saúde, Meio Ambiente e Segurança (SMS), baseado em comportamento, percepção de risco dos Integrantes e mudança de atitude em relação a prevenção. Os treinamentos personalizados, programas de segurança baseados no comportamento humano, comunicação efetiva, indicadores preventivos avaliados pela direção do projeto e o reconhecimento das pessoas foram fundamentais no caminho para a meta zero incidentes.

Esses esforços proporcionaram resultados que podem ser traduzidos em mais de 92 milhões de homens/hora trabalhadas com taxas recordes no quesito segurança.

O complexo petroquímico irá incluir as seguintes instalações:

•         Cracker de eteno a partir de etano, utilizando tecnologia proprietária da Technip.

•         Duas plantas de polietileno de alta densidade utilizando tecnologia INEOS Innovene.

•         Uma planta de polietileno de baixa densidade utilizando tecnologia BASEL Lupotech.

•         Instalações de armazenagem, tratamento de resíduos e utilidades, que incluirá uma planta de cogeração de ciclo combinado de energia e vapor de 150 MW.

•         Uma plataforma logística multimodal para transporte de 1 milhão de toneladas de polietileno por ano através de trens e caminhões de carga ou ensacados.

•         Prédios administrativos, de manutenção, de apoio e sala de controle.

Após a conclusão da obra, o projeto será operado pela Braskem-Idesa, empresa mexicana formada pela brasileira Braskem (braço petroquímico do Grupo Odebrecht e a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas) e o Grupo Idesa, importante empresa do setor petroquímico no México.

Resultado de um investimento de US$ 4,5 bilhões, o complexo iniciará as operações em dezembro deste ano, e terá capacidade de processamento de 66 mil barris por dia de etano, produzindo anualmente 1,05 milhões de toneladas de etileno, matéria prima para a produção de 750 mil toneladas de polietileno de alta densidade e 300 mil toneladas de polietileno de baixa densidade.

Desde 1992 no México, a Odebrecht participa de projetos estratégicos de infraestrutura e petroquímica para o país. Sua primeira conquista foi a construção, na região de Huítes, Estado de Sinaloa, de uma barragem e uma hidrelétrica. A empresa também esteve à frente do Projeto Hidroagrícola de Michoacán, que abastece de água para a produção agrícola o estado de Michoacán, região central do território mexicano de clima semiárido. Em Minatitlán, a Odebrecht executou a modernização e ampliação da Refinaria General Lázaro Cárdenas, para a Petróleos Mexicana (Pemex).

Nestes mais de 23 anos, a Odebrecht se sente orgulhosa de participar na construção de diversos projetos que contribuem para a melhoria da qualidade de vida dos mexicanos. Atualmente, lidera três projetos de investimentos: Etileno XXI, Los Ramones Norte Gasoduto e o Sistema de Gestão de Águas do Município de Veracruz.

O processo de internacionalização da Odebrecht é parte de uma decisão estratégico-empresarial para garantir a sobrevivência, o crescimento e a perpetuidade do negócio. Executar uma obra no exterior é sempre mais desafiador porque atua-se em locais, muitas vezes, pouco conhecidos e submete-se a diferentes culturas e legislações. A exportação de serviços, neste caso os de Engenharia, é a mais sofisticada maneira de um país se integrar no mercado internacional, pois exporta-se capacidade, conhecimento, experiência e bens e serviços brasileiros necessários à realização da obra.


PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2017 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044