Principais tendências em segurança digital para 2015
PUBLICIDADE
Portal Revista Infra - sábado, setembro 23, 2017
Consulte nossos conteúdos
Principais tendências em segurança digital para 2015
Algumas das principais tecnologias em identificação segura sob diferentes setores do mercado

A HID Global, líder em identificação segura, apontou suas perspectivas de tendências de tecnologias para 2015, para diferentes verticais no que se refere ao mercado de segurança. A avaliação anual tem o intuito de auxiliar as organizações a entender e tirar proveito dos últimos avanços para otimizar a segurança, conveniência e experiência do usuário.

Conduzindo novas capacidades em todos os mercados, estão seis tendências tecnológicas principais que o Dr. Selva Selvaratnam, vice-presidente sênior e diretor de tecnologia da HID Global, identificou:

  1. Maior inovação alimentada por plataformas interoperáveis que permitem que se construam novas soluções que podem ser acessadas com o mesmo cartão inteligente (smart card) ou smartphone usado para abrir portas;
  2. Adoção de novos formatos de credenciais;
  3. Formas adicionais para a abertura de portas e outros sistemas de entrada;
  4. Avanços em como gerenciar identidades;
  5. Uso de biometria para aprimorar a segurança;
  6. Crescente popularidade de dispositivos interconectados e da Internet das Coisas, em que fechaduras de Wi-Fi, dispositivos com RFID, fechaduras de hotéis conectadas à Internet e chaves mobile são todas formas interligadas de se interagir ou capturar dados para benefício de empresas ou consumidores.

Em adição a isso, o Dr. Selvaratnam destacou diversas tendências nos segmentos de mercado das oito verticais abaixo:

  • Instituições financeiras: segurança física e lógica vão continuar convergindo em soluções unificadas. Biometria e uso de mobile em serviços bancários ao consumidor seguem em expansão.
  • Hospitais e instituições de saúde: as mais recentes soluções de identificação segura irão desempenhar um papel fundamental na garantia da segurança nas instalações, das informações pessoais e das prescrições de remédios, e serão usados também fora do hospital para verificar o “comprovante de presença” em serviços de atendimento residencial.
  • Educação: conforme a transição de cartões de tarja magnética e de proximidade para cartões inteligentes sem contato e de alta frequência contínua, as universidades também irão migrar as credenciais do campus para smartphones e outros dispositivos móveis, utilizando sistemas que podem gerenciar vários números de identificação para diversos usuários em diferentes plataformas.
  • Governo federal: atualizações de todo o governo para novas e mais seguras tecnologias de controle de acesso vão se estender para além do desktop e da porta, utilizando ambos os cartões e os celulares, e requerimentos de emissão segura rigorosos irão conduzir a crescente necessidade de impressoras certificadas e aprovadas.
  • Identidades governamentais: a demanda mundial de soluções altamente seguras de identidades de cidadão de ponta a ponta irá crescer, juntamente com impressoras compactas e de força industrial que combinam flexibilidade e segurança, reduzem os investimentos em infraestrutura e maximizam a taxa de transferência.
  • Transporte: a importância do controle de acesso baseado em IP aumentará no segmento de transporte, melhorando a segurança ao integrar sistemas de controle de acesso físico (PACS) e outras soluções na mesma rede. Enquanto isso, sistemas de biometria irão oferecer uma oportunidade de aumentar a segurança e os lucros em aplicações de transporte comercial e pessoal.
  • Corporativo: organizações terão que, cada vez mais, otimizar a segurança nas portas, de seus dados e na nuvem, e caminharão para convergir soluções enquanto aceleram simultaneamente a migração para além das senhas e em direção à autenticação forte em inúmeras aplicações de controle de acesso físico e lógico.
  • Varejo: o maior foco continuará sendo a defesa contra ameaças como as da Target Corporation (em que hackers roubaram dados de seus clientes no final do ano de 2013) e outros grandes varejistas. Outras áreas de crescimento incluem identificação móvel, autenticação integrada com biometria, soluções de proteção de marca que validam a autenticidade de bens, aplicações de comprovante de presença confiável para campanhas de mídia “out-of-home” digital (DOOH), Internet das Coisas e soluções de emissão instantânea para cartões de crédito e de fidelidade.

“Seja migrando as identidades de campus universitários para smartphones, centralizando a gestão de identidades para proteger tudo desde a porta até os aplicativos baseados em nuvem, ou garantindo a segurança de prescrições médicas eletrônicas e transações em caixas eletrônicos, veremos a transformação da experiência dos nossos clientes utilizando identificação segura durante esse ano e além”, completa o executivo. 

PUBLICIDADE

LÍDERES DE AUDIÊNCIA

Conteúdos que historicamente tiveram um grande número de visualizações. Confira abaixo alguns deles.

EDITORIAS DE MERCADO

Os conteúdos líderes de audiência que foram publicados em nossas revistas impressas ao longo da história da revista

CONGRESSO INFRA

Acesse o site de eventos e saiba mais sobre os próximos encontros da Revista Infra em todo o Brasil.

INFRA IMAGENS

Acesse o Infra Imagens - Nosso canal de imagens no Flickr com fotos dos nossos mais recentes eventos em todo o Brasil.
COPYRIGHT © 2003-2017 TALEN EDITORA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Avenida jabaquara, 99 3. andar - Cj. 35 - Mirandópolis
Cep 04045-000 São Paulo/SP - Tel. 11 5582.3044