Assistente virtual Sabrah promete revolucionar o controle de acesso

Lançado pelo Grupo Haganá, sistema não utiliza nenhum aplicativo, sendo totalmente baseado no WhatsApp

Notícia publicada em 5 de novembro de 2018

Chen Gilad, Co-CEO do Grupo Haganá, apresenta a assistente virtual Sabrah

Imagine liberar a entrada dos seus convidados do conforto do seu sofá, sem precisar mais atender o interfone. É com essa premissa que o Grupo Haganá lança a Sabrah, uma assistente virtual feita para revolucionar o controle de acesso. Com ela, os condomínios residenciais e corporativos terão mais facilidade e segurança para autorizar a entrada de visitantes sem precisar do interfone, apenas com o uso do smartphone e através de um aplicativo que todos conhecem bem: o WhatsApp, garante o Grupo.

"Ela faz a interface entre porteiro e morador", explica Chen Gilad, Co-CEO do Grupo Haganá. "O grande diferencial do sistema é que ele não usa nenhum aplicativo, ele é totalmente baseado no WhatsApp, que todo mundo já tem".

Toda vez que um visitante chegar, a Sabrah entrará em contato via WhatsApp e enviará uma foto para solicitar a autorização. Com comandos simples, o morador poderá interagir com ela, autorizando ou não a entrada do visitante e também compartilhando com ela as visitas que receberá. Nesse caso, o visitante receberá um QR Code da Sabrah, o que facilita a entrada dele no condomínio com ainda mais segurança, já que o porteiro também receberá um aviso com a foto do visitante informando que ele está liberado.

"Essa assistente tem o potencial de acabar com o interfone. Lógico que no primeiro momento nós ainda vamos interfonar, mas, à medida que todo mundo se acostumar, podemos mandar uma vez por WhatsApp para a pessoa e ela pode liberar o acesso do conforto da sua cama ou sofá, sem precisar levantar para atender o interfone", explica Gilad. "É um sistema revolucionário de controle de acesso que traz comodidade para o morador e também facilita a vida do visitante", finaliza.

O lançamento da Sabrah aconteceu na última terça-feira (30 de outubro), no Teatro Renaissance, em São Paulo, onde Chen Gilad demonstrou na prática o funcionamento do sistema e outras novidades do Grupo Haganá.

Fotos: Divulgação