Guia orienta sobre elaboração de projetos de climatização em edificações

Objetivo é garantir que sejam atendidos critérios técnicos, de conforto térmico e qualidade do ar em diversos ambientes


A qualidade do ar interior pode garantir que um aluno aprenda o conteúdo referente a sete anos em seis e aumentar o rendimento laboral em 10%. Mas para garantir a renovação adequada de oxigênio em ambientes fechados é necessário que a mesma seja contemplada no projeto de climatização. Este é um dos objetivos do Guia de Climatização de Ambientes Fechados Não Residenciais, lançado recentemente pela ASBRAV - Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação.

De acordo com o Diretor Setorial de Ar Condicionado da entidade, Fernando Pozza, o documento tem como objetivo sensibilizar e mostrar para o mercado, responsável pela contratação de serviços e profissionais, os requisitos para a execução de projetos.

Fernando Pozza, Diretor Setorial de Ar Condicionado da ASBRAV

"Existem várias normas a serem observadas no momento de elaboração dos sistemas de climatização e o nosso objetivo é orientar na escolha do que é mais adequado, informando como buscar a equipe profissional, como analisar um orçamento e o uso correto do modelo escolhido. Desta forma, o responsável pelo empreendimento não corre risco de sofrer uma sanção posterior, em caso de vistoria", complementa Pozza.

O Guia pode ser aplicado para diversos tipos de estabelecimentos comerciais, de lazer, ensino, saúde, indústrias em geral e prédios públicos. Além das questões técnicas citadas, ele também considera o consumo racional de energia e hábitos sustentáveis. Inicialmente, o trabalho pode ser acessado em formato digital, disponível para download no site da ASBRAV.