GCP Arquitetos assina Angola Park Hotel, em Luanda

Com área total de 30 mil metros, projeto é inspirado nas riquezas culturais e artísticas locais

O escritório GCP Arquitetos, de São Paulo, assina o projeto internacional de um Hotel e Parque Aquático, em Luanda, capital de Angola, que se destaca por sua ampla área total de 30 mil metros quadrados de construção dedicada a áreas de lazer e turismo, com direito a um parque aquático exclusivo.

Inspirado nas riquezas culturais e artísticas de Luanda, o projeto se caracteriza por um elemento de circulação que transforma o percurso entre os quartos e as demais áreas do hotel em uma experiência histórica, sensorial e de contemplação, que faz referência à divisão do país após a sua Independência, após longa guerra civil. Esse complexo arquitetônico se estende pelo terreno e termina em um terraço que emoldura o emblemático pôr do sol africano.

Perspectivas e detalhes do projeto assinado pela GCP Arquitetos

Decorrente de uma necessidade da região para que fossem criadas novas áreas de lazer e turismo na cidade, o projeto do Angola Park Hotel é entregue em um momento de altas taxas de crescimento de Angola e de sua capital, Luanda. Muito conhecido por sua beleza e exuberância, o local onde será construído o complexo se destaca pela paisagem da costa ocidental africana e promete, com a obra, mais comodidade e facilidade aos turistas que querem vivenciar a experiência africana em uma região repleta de beleza nativa, com lazer e espaços para eventos e convenções, no mesmo endereço.

O Hotel é composto por 35 suítes, restaurante privativo, áreas de lazer, salões de jogos e leitura e se complementa com o bloco do Parque Aquático, além do edifício que irá abrigar um espaço para grandes eventos e apoio à área administrativa. Os edifícios trazem ainda, como elemento principal, as estruturas metálicas que, além do papel estrutural, conceituam o projeto arquitetônico como um todo. Planejado com o objetivo de manter o conforto ambiental da região, o hotel apresenta em sua fachada varandas compostas em vidro e protegidas por um sistema de brises pivolantes, que se fundem em uma moldura metálica e apresentam palhas tradicionais da região, tornando a construção um verdadeiro resgate histórico das tribos locais. O projeto já foi entregue, mas ainda não há previsão para o início das obras.

Angola Park Hotel

Região: Luanda, Angola, África

Área total do terreno: 53.900m2

Área do parque aquático: 30.000m2

Áreas do hotel e demais edifícios: 3.500m2