Work, Worker, Workplace e Workspace

A importância da visão integrada desses 4W´s

A gestão de facilidades deve ser realizada a partir do ponto de vista do usuário, pois a técnica não resolve somente o problema. “O gerenciamento das operações não é somente cuidar das coisas, como sistemas e equipamentos. Precisamos das habilidades e ainda mais de pessoas”, destaca Moacyr Eduardo Alves da Graça. É preciso transformar o ambiente em alavanca profissional, para que os ocupantes do local gostem de estar no lá para produzir mais.

“O papel do facility é o de criar sinergia para a engrenagem funcionar. A gestão de facilidades tem de se adaptar ao aspecto cultural dos ambientes interno e externo, além de pensar nos espaços físico, virtual, social e restaurativo no que se refere à usabilidade e funcionalidade. Segundo o palestrante, as pessoas precisam de bem-estar dentro da organização. Para isso, elas devem estar conectadas, ativas, informadas e atualizadas. 

Então como fazer tudo isso, a partir da visão integrada de Work, Worker, Workplace e Workspace? Acesse a programação e participe do 9o. Infra Rio e saiba mais sobre esta importante visão e aproveite também para aproximar-se ainda mais da comunidade de facility management: www.eventosinfra.com.br